como investir dinheiro

Como investir dinheiro e gerar uma renda extra no digital

Anda à horas à procura de um artigo que explique onde e como investir dinheiro? Chegou ao blog certo!

Ter os olhos postos no futuro, investir na formação, encontrar um trabalho estável e para a vida, foram alguns dos conselhos que marcaram o percurso dos jovens da Geração X até à sua entrada no mercado de trabalho.

A filosofia de vida dos pais e avós até aos dias de hoje era ir para a universidade para conquistar um canudo, que prometia uma vida financeira confortável.

Com o crescimento do digital, o boom das redes sociais e a explosão do e-commerce, a concorrência aumentou e, o canudo passou a ser um requisito obrigatório e, jamais diferencial.

Os jovens estão cada vez mais preocupados em procurar fontes de rendimento extra, dicas de planeamento financeiro, para não se tornarem escravos do dinheiro e conseguirem conciliar as despesas com as suas viagens e projetos de sonho.

Claro que vai sempre existir pessoas a defenderem que esta Geração está perdida e, que não procura a estabilidade que os pais que ofereceram, o que está longe de ser verdade!

Os jovens são empreendedores, não têm medo de arriscar e, sabem como usar a quantidade de informação disponível online para atingirem os seus objetivos.

O digital está recheado de ferramentas e recursos sobre como ganhar dinheiro, artigos que partilham as skills necessárias para começar um negócio online, mas contam-se pelos dedos os que falam de como investir com pouco dinheiro!

Neste artigo, vamos provar-lhe como é isto possível sendo ou não um Millennial. Afinal de contas, investimento é o nome mais usado para falar de metas e planos.

Tudo a postos?

 

Investimento foi uma das preocupações que saltou de geração em geração, mas como a Geração X é o grande target das estratégias de comunicação, é nela que nos vamos focar!

A Geração X, os famosos Millennials, nascidos entre 1980 e 1996 são menos consumistas que os seus pais e, preferem investir em experiências do que em posses.

Esta Geração nunca baixa os braços! Está sempre ao corrente de tudo o que rodeia e, dá-se ao trabalho de fazer pesquisar exaustivas, pedir conselhos, comparar preços e marcas, tudo para consumir de forma mais racional!

Se por um lado nasceram no caos da instabilidade financeira e viram familiares e conhecidos ficarem desempregados, por outro, cresceram nas “sete quintas” com a Internet.

Estes foram os primeiros nativos digitais, os mesmos que publicam os momentos mais marcantes nas redes sociais e, que em contrapartida, começam aos poucos a pagar para se desconectarem, o chamado detox digital! Dá para os entender? Dá!

Procuram por fontes de rendimento extra para amealharem e investirem dinheiro em viagens e experiências enriquecedoras, como o voluntariado, o intercâmbio e momentos que sejam capazes de os preencher verdadeiramente.

Como vê as prioridades mudaram para estes jovens, que já começam a investir com pouco capital, para conseguirem escalar ao máximo as suas poupanças.

Acredito que as redes sociais também instigam esta sede pela novidade, que contribui para que estejam sempre a pensar na próxima poupança.

Acredito que não há ninguém melhor que eles para compreenderem o verdadeiro significado de “ativos”, tudo onde investe e que traz retorno!

O lema passa a ser “gastar menos, ganhar mais e investir melhor”, para se tornarem mais conscientes do seu próprio planeamento financeiro.

Dito isto, está na altura de partilharmos as nossas dicas de ouro para investir melhor, confira já!

 

Boas práticas de como investir dinheiro

A gestão financeira não tem de ser uma dor de cabeça se a estruturar passo a passo!

Em primeiro lugar, deve deixar claro os seus objetivos de investimento, a percentagem das suas poupanças que vai investir e, um plano de ação.

De seguida é altura de anotar as diferentes ofertas dos vários bancos e instituições financeiras, conhecer os riscos e as vantagens de cada opção.

Para ganhar dinheiro é preciso arriscar, mas nunca agir por impulso: grande parte das pessoas que vendem a ideia de fontes abundantes de dinheiro querem roubá-lo e, com isto refiro-me ao mito de gerar dinheiro sem cometer riscos.

Como em tudo na vida, é preciso parar para analisar cada decisão, para evitar endividamentos.

É possível aplicar regras de poupança no seu dia a dia para crescer o seu investimento e, porque não começar por eliminar despesas supérfluas?

 

Mas onde e como devo investir? É a pergunta que mais recebemos! Descubra já:

 

  • Obrigações

Noutras palavras, empréstimos que contraí junto de uma entidade que os emite, o Estado ou outras entidades públicas ou privadas.

Quando tem obrigações é credor dessas entidades.

Se falarmos em Certificado do tesouro, precisa pelo menos de 1000 euros para investir.

 

  • Depósitos a prazo

Para quem está mais reticente e procura uma boa forma de investir a baixo risco pode recorrer aos empréstimos bancários.

É basicamente um produto bancário que implica a entrega de fundos a uma instituição de crédito, que se compromete a restituir esses fundos no final do período que ficou acordado, através dos juros.

Os depósitos que faz têm uma taxa de juro definida, que vai representar a remuneração fixa e, um prazo, ou seja, o período em que o dinheiro fica ativo e a render juros.

Já que lhe falo do que pode correr bem, tenho a obrigação de mencionar as desvantagens:

  • Os juros tendem a ser baixos;
  • Pode ser penalizado (por exemplo a falência do banco);
  • Os depósitos a prazo com taxa atrativa têm duração superior a seis meses;
  • Pode oferecer uma taxa de juro inferior à inflação.

 

Se não está familiarizado com esta possibilidade, é natural que não saiba que estes depósitos só pagam juros se os mantiver de acordo com o contratado.

Por isso é que insistimos para o usar apenas quando precisar do dinheiro e, para o fazer para esse período, isto se não quiser perder o equivalente aos juros.

 

  • Ações

Quando falamos de ações estão subentendidos títulos que representam uma fração do capital social de uma empresa.

Antes de avançar para este tipo de investimento, é crucial decidir a vertente de investimento:

  1. Sendo empreendedor: Com a ajuda de prospetos, websites financeiros, livros consegue analisar e eleger os fundos de investimento que pretende comprar. Feito isto, pode recorrer a um intermediário financeiro para introduzir as suas ordens em Bolsa;
  2. Recorrendo a um banco ou entidade financeira: se optar por consultar um banco antes de investir e negociar.

As sociedades corretoras e os bancos garantem a transação segura das ordens dos investidores e, ainda o ajudam na escolha dos investimentos mais viáveis a fazer.

  1. Recorrendo a um consultor financeiro: É outra possibilidade para decidir onde e como investir. Se for o caso, será informado sobre seguros necessários, orçamentos mais adequados e, sobretudo, como estruturar um plano fiscal.

 

Se estiver numa situação financeira estável, encorajo-o a investir online através de plataformas como Activo Trade, Saxo Bank e Raize.

Mas a lista está longe de acabar! O Governo disponibiliza há vários anos produtos de poupança, como os Certificados de Tesouro Poupança Crescimento e o Certificado de Aforro.

Acompanhe!

 

  • Certificado de Aforro

Conhecido por facultar taxas de juro muito baixas, a rondar os 0,5% líquidos. Ao mesmo tempo, estes continuam a ser um produto de capital assegurado pelo Estado português.

Distingue-se por ter a validade mínima de investimento trimestral. Quer isto dizer que, se lhe passar pela cabeça levantar dinheiro a meio do trimestre sujeita-se a perder os juros desse período!

 

  • Certificado do Tesouro Poupança Crescimento

Este certificado já requere no mínimo um ano e um prazo máximo de sete anos. As taxas de juros de 0,75% aumentam a remuneração até aos 2,25% no sétimo ano.

A somar a isto, existe um prémio em função do crescimento médio do PIB.

 

  • Startups e Crowdfunding

Pessoas ou empresas criam uma conta para exporem um projeto com prazo pré-determinado, valor a ser arrecadado e as recompensas que colocam a mercê dos doadores.

A ideia é que as pessoas que se identificam e acreditam no potencial do projeto possam doar uma quantia para o ver concretizado.

 

  • Fundos Mútuos e Fundos de investimento específicos

O primeiro passo é decidir se vai investir em fundos nacionais ou estrangeiros. Se for para avançar, deve saber que o investimento em fundos mútuos é feito por um gestor profissional e, onde não será o único a investir.

Como já era espectável, o lucro será repartido pelo número de investidores.

 

  • Investimento Imobiliário

Esta opção está em cima da mesa para muitas pessoas fazerem dinheiro. Pode juntar uma grande quantia todos os meses ao arrendar ou vender um apartamento.

E, mais uma vez, estará a comunicar principalmente para os jovens, sobretudo os universitários ou recém-licenciados, que estão sempre à procura de boas propostas de arrendamento para gerirem melhor as despesas.

Se estiver convicto nesta opção sugiro que contacte brevemente um especialista no mercado imobiliário.

Pode sempre fazer esse investimento individualmente ou em grupo, repartindo mais uma vez os lucros que colhe da venda ou do arrendamento.

Antes de iniciar este investimento estude a situação dos mercados, com a ajuda de ferramentas como o Yahoo Finance, Google Fiannce, Motley Fool, Marketwatch ou Bloomberg. Além destas, pode usar os simuladores de finanças da Deco Proteste.

 

Como vê o que não falta são bons partidos para organizar a sua vida financeira e começar já a investir dinheiro.

Resta desejar-lhe bons negócios!

fundo de investimento, investimento direto estrangeiro em portugal, investimento em portugal, investimento estrangeiro em portugal, investir em imoveis com pouco dinheiro, melhores fundos de investimento, negócios com pouco investimento, negócios de baixo investimento, onde investir dinheiro deco, onde investir dinheiro em portugal, onde investir meu dinheiro, oportunidades de negócios de baixo investimento, poupança e investimento, renda extra, rendimento extra

Newsletter Semanal

Receba novidades e ofertas interessantes.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!